quinta-feira, 4 de junho de 2020

Livraria preferida de Portugal 2020


Qual é a tua livraria preferida??

A minha, uma vez em Trás os Montes, não podia ser outra - Traga-Mundos em Vila Real. Tem livros maravilhosos, manuais de plantas silvestres, fotografias pelo Douro, livros sobre plantas aromáticas, encontros de tricot & outras conversas, umadecoraçao espectacular, uma sensação acolhedora de ninho, está bem localizada, dá oportunidade a jovens criadores de expôrem os seus trabalhos, e ainda - o maravilhoso e divertido atendimento do António!

Eu já votei e tu?

[Joana Vitoria Martins Doula]




A livraria Traga-Mundos está a votos a nível nacional em Portugal.

- em 2014 a livraria Traga-Mundos ficou classificada em 6.º lugar, em 2015 em 4.º lugar, em 2016 em 5.º lugar, em 2017 em 6.º lugar, em 2018 em 9.º lugar – sempre a melhor classificada no Norte de Portugal – e na Galiza

Para votar:
- entre no questionário;
- escolha o distrito de Vila Real;
- escolha a opção “Traga-Mundos em Vila Real”;

- continue o simples e rápido questionário.

OBRIGADO!
[partilhe também com os seus amigos]



domingo, 31 de maio de 2020

da retoma... traga_mundos



1 de junho de 2020: retomamos o nosso horário habitual no espaço da traga_mundos:

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª-feira e Sábado: das 10h00 às 20h00 – sem interrupção...
4.ª-feira: das 14h00 às 23h00 – sem interrupção...

nota: continuamos a aconselhar a devida prudência! caso a situação da pandemia se altere, iremos rever este funcionamento... [o que observei nesta cidade ao longo do mês de maio, foi o de um progressivo desleixo: as pessoas cada vez usam menos a máscara e aumentam os ajuntamentos sem precauções! oxalá não aconteça uma nova situação de emergência...]

FELIZ Dia Mundial da Criança [máscara pelas artes de Isabel Feliciano – muito muito obrigado!]



terça-feira, 26 de maio de 2020

retomamos os eventos...



retomamos os eventos [com cautelas diversas...]:
- Janeiro, Fevereiro, Março (...) Maio, Junho de 2020: exposição “As Escadas dos Mortos” cianótipos originais de Renaud De Putter, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 1 de Junho de 2020, segunda-feira, pelas 15h00: acto performativo “Horas de Desespero”, evocando os “últimos momentos de Camilo Castelo Branco”, 1890 – 2020, por José António Castelo Branco (trineto), na rua da livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 4 de Junho de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #29 online, da livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]
- dia 9 de Junho de 2020, pelas 21h00: "TM x 2 - A Terra Maronesa no espaço Traga-Mundos" – Apresentação Online do Manual de Identidade Alimentar da Terra Maronesa, transmissão em directo da livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- 13 de Junho de 2020: tricota_mundos festeja o Dia de Tricotar em Público, no Parque Côrgo, Vila Real, Portugal;
- 14 de Junho de 2020: participação na Assembleia Geral da ReLI – Rede de Livrarias Independentes, Óbidos, Portugal;
- dias 19 e 20 de Junho de 2020: participação com uma banca de livros no XV Encontros da Primavera, Picote, Miranda do Douro, Portugal;
- dia 4 de Julho de 2020: participação no júri do Prémio Antón Risco de Literatura Fantástica, na Fundación Vicente Risco, Allariz, Galiza;
- dia 18 de Julho de 2020: inauguração de “O Percurso Criativo como Forma”, II exposição individual do escultor Paulo Duarte, na rua da livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- de 28 de Agosto a 13 de Setembro de 2020: participação com stand na Feira do Livro do Porto 2019, nos jardins do Palácio de Cristal, no Porto;
- e ao longo de 2020 haverá mais, sempre muito mais...

segunda-feira, 18 de maio de 2020

Mapa – Jornal de Informação Crítica número 27 – Maio – Julho 2020



“Mapa – Jornal de Informação Crítica” número 27 – Maio – Julho 2020

Está nas ruas a 27ª edição do “Mapa – Jornal de Informação Crítica” (Maio-Julho). Como não podia deixar de ser, com uma parte considerável dedicada a este novo mundo da pandemia de Covid-19. Há um foco sobre as transformações sociais, politicas e económicas em curso, sobre o medo e sobre as iniciativas de apoio mútuo. Falamos das cantinas solidárias e das redes de proximidade, dos livreiros à alimentação, por entre as iniciativas e resistências que dão corpo à palavra solidariedade. Leiam-se relatos diversos de um retrato da vida nesta pandemia ou da vida dos estafetas e do teletrabalho, respondendo ainda o educador José Pacheco às abruptas transformações na educação. Não esquecemos o racismo virulento sobre a comunidade cigana e um inevitável olhar crítico sobre a vigilância: do questionável mundo novo das apps de rastreamento à virulência tecnológica do 5G ou recordando o passado das tecnologias de vigilância sobre os refugiados.

E não, nestes tempos não deixaremos de falar sobre os migrantes. Diana Dias fala-nos do Pikpa Camp, uma alternativa de solidariedade aos refugiados na ilha grega de Lesbos, e recordamos a história das migrações partilhadas entre os algarvios e os marroquinos. Tal como não esquecemos em Portugal a luta contra a mineração, pois a ameaça da crise económica e social não trava as populações na defesa dos seus territórios. Convidamos ainda a uma viagem de comboio, abordando o resgate da Ferrovia. A poesia, o apocalipse dos Mão Morta ou a serie sobre o Candomblé são outros dos conteúdos de mais um Jornal MAPA.

Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...
[também disponíveis os seguintes números: 19 e 26]



segunda-feira, 11 de maio de 2020

75.º aniversário da Estrada Nacional 2


75º Aniversário da Estrada Nacional 2

1945.05.11 – O Diário do Governo publica o Decreto-Lei n.º 34.593, de 11 de Maio, que institui o primeiro Plano Rodoviário português. A Estrada Nacional 2 (EN2) é, assim, pela primeira vez identificada como ligando Chaves a Faro, tornando-se na maior estrada do País.

No próximo dia 11 de Maio, a EN2 celebrará um aniversário bastante especial. Serão já 75 anos a ligar Portugal de Norte a Sul, ao longo de 739,260km. Um número especial para uma estrada única.
A EN2, actualmente, atravessa 35 concelhos do País, distribuídos por 11 distritos, cumprimentando alguns dos mais importantes rios portugueses, subindo e descendo cinco serras, descobrindo cinco tesouros nacionais reconhecidos pela UNESCO, contando a História de Portugal ao longo do seu trajecto, apresentando a cultura, a gastronomia e as tradições locais/regionais e dando-nos a conhecer, em cada quilómetro do seu traçado, pessoas que nos sabem receber e que nos dão alento para continuarmos a nossa viagem.

Fazer a Estrada Nacional 2 é conhecer Portugal navegando pelo seu interior desde a cidade raiana de Chaves até ao azul do Atlântico, que avistamos ao chegarmos a Faro. É saborear a maior viagem de aventura ao longo de uma estrada portuguesa. É juntar os amigos ou a família e partir à descoberta de um país. É fazermo-nos à estrada com ânsia de a ela regressar novamente.

Ao longo dos últimos anos, a EN2 tem-se afirmado como um destino turístico de excelência, não só pela exponencial procura interna por parte de quem a percorre de carro, de moto, de bicicleta, de autocaravana, ou até mesmo a pé, mas também pelo reconhecimento internacional que tem vindo a obter um pouco por todo o Mundo.

A EN2 é um livro que nos conta a história de vida de quem nela se encontra e nos convida. Mais do que nunca, saibamos retribuir a quem personifica a identidade única desta estrada.

A EN2 é um filme de Portugal cujo protagonista é quem parte à sua descoberta. Mais do que nunca, contemos as histórias que a estrada encerra.

A EN2 é a aventura portuguesa que os estrangeiros querem experimentar. Mais do que nunca, abracemos este desafio e façamo-nos à estrada.

A EN2 é a maior estrada do Melhor Destino do Mundo.

Esta é a nossa Estrada!


guia disponível na livraria traga_mundos - km 64

quinta-feira, 7 de maio de 2020

da Cultura: Dr. Jorge Ginja

[Dezembro 2019]


deixa-nos um homem GRANDE – na Guiné-Bissau, aprendi que seria um venerável omi garandi –, uma pessoa BOA, uma personalidade ÍNTEGRA, um cidadão PLENO.

um médico do Serviço Nacional de Saúde, um político da Esquerda.

em mais de 8 anos de traga_mundos, as suas visitas à livraria proporcionaram-me momentos inesquecíveis: de benéfica conversa, de sábias opiniões, de pertinentes pontos de vista, de riso e humor salutar, e sempre sempre de grandiosa CULTURA.

muito mais do que um cliente informado, sempre presente a cada novidade, era um amante e amigo do LIVRO – e da(s) livraria(s).

durante a minha vida fui aprendendo que há personagens que são únicas e insubstituíveis: fica mais pobre a cidade de Vila Real, a região, o país Portugal, o Mundo.

que a terra te seja leve, Dr. Jorge Ginja...

antónio alberto alves
7 maio 2020

[fotos de Catarina Ginja]

Março 2013

quinta-feira, 30 de abril de 2020

da (re)bertura - 4 de maio


car@s amig@s

como já será do vosso conhecimento, o Plano de Desconfinamento da República Portuguesa preconiza a abertura das LIVRARIAS a 4 de maio, segunda-feira.

dadas as circunstâncias, de risco e de salvaguarda, que todos deveremos continuar a manter, informamos que durante o mês de maio a livraria traga_mundos irá abrir nos seguintes dias da semana e nestes horários:
- todas as segundas-feiras, das 10h00 às 20h00;
- todas as quartas-feiras, das 10h00 às 23h00;
- todos os sábados, das 10h00 às 14h00.
para o mês de junho, avaliando o desenrolar da situação, poderemos rever este funcionamento.

o espaço de loja não poderá a funcionar como de costume! o risco de infecção ainda existe e teremos que tomar medidas para abrir com a maior segurança possível.

apenas poderão estar dentro do espaço 2 clientes de cada vez, havendo a obrigatoriedade de desinfectarem as mãos antes de entrarem com um desinfectante que estará colocado à porta. não iremos permitir a entrada sem que isto seja feito!

é exigido também que todos venham protegidos com equipamento de protecção individual adequado (máscara, principalmente) e solicitamos que evitem tocar ou manipular os livros e outros produtos expostos – atenderemos a qualquer solicitação, com o nosso habitual atendimento personalizado, como é nosso hábito, para mostrar, aconselhar, pegar o livro, etc.

retomamos também o envio de livros pelo correio, que podem escolher no blogue, um mostruário de informação sobre os livros existentes – e acrescentamos a campanha “Livraria às cegas”.

apelamos para a vossa compreensão: será necessário manter a vossa segurança acima de tudo – e da comunidade que nos rodeia (*).

para quem conhece o ambiente especial da traga_mundos sabe que sempre cultivamos o convívio, as boas e demoradas conversas, os abraços, os afectos, as amizades, as partilhas. as velhas mesas do café excelsior proporcionavam com requinte tudo isto em redor de um chá, um vinho, também do generoso. recordamos os eventos periódicos, das leituras e cinema ao tricôt, e de tantas outras iniciativas, que nos reuniam em festivos serões. temos muitas muitas saudades desses momentos...

mas as circunstâncias apelam a que mantenhamos os cuidados. o distanciamento significa que nos queremos manter mais juntos do que nunca! sempre poderão continuar a contactar-nos pelos meios habituais: telefone, telemóvel, facebook, whatsapp, instagram, etc – também para nos encomendarem livros. sempre que não tenham de sair por motivos inadiáveis, como a busca de um livro, recomendamos que fiquem em casa e leiam bons livros...

“para que quando voltarmos a juntar-nos, não falte ninguém”!

antónio alberto alves
30 de abril de 2020

(*) encaramos o Plano de Desconfinamento da República Portuguesa com muitas dúvidas, questões, receios: parece-nos, por diversas razões e circunstâncias, um calendário precoce e precipitado... oxalá estejamos errados!

quarta-feira, 29 de abril de 2020

TL - tertúlia de leituras #28 em casa


[cartaz pelas artes de Gil Machado]

        TL – Tertúlia de Leituras #28
dia 07 de Maio de 2020, quinta-feira, pelas 21h00
da livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal
[a partir de casa de cada um]

tertúlia de leituras traga_mundos
evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês

[NOTA: hoje continuaremos em casa, em isolamento voluntário e solidário. cada um poderá enviar vídeos, de leituras, ou sobre o que leu ou anda a ler, etc. para se partilhar – sobretudo, fiquem em casa e leiam...]


pretende-se um encontro informal de partilha do que andamos a ler: um jornal, um romance, um livro de poesia, uma revista, um trabalho de ciências, um blogue, uma tese de mestrado, uma edição de autor, um álbum de fotografia, uma obra antiga, etc.

não há livros recomendados, só partilhados, e não têm de vir preparados (não é uma apresentação)

participa – e convida um@ amig@ também...

antónio alberto alves
traga_mundos
na primeira quinta-feira de cada mês

terça-feira, 28 de abril de 2020

Dia Mundial da Língua Portuguesa na traga_mundos



transmissão na página da traga_mundos, amanhã, em directo: https://www.facebook.com/livrariatragamundos/


15.30: Sessão inaugural (gravado previamente)
Intervenientes: Presidente da CML, Dr. Fernando Medina; Embaixador da Unesco para o Dia Mundial da Língua Portuguesa, Dr. António Manuel Sampaio da Nóvoa; e Diretor Artístico do Festival Literário 5L, Dr. José Pinho.


15.55: Transmissão do filme A Língua Portuguesa a Gostar dela Própria
Realização: Tiago Pereira
Duração: 5 minutos


16.00: Mesa Viagens da Língua Portuguesa (directo)
Intervenientes: Ana Margarida de Carvalho; Antonio Prata; Flaviano Mindela dos Santos; Germano Almeida; José Eduardo Agualusa; Olinda Beja; moderação de Isabel Lucas.
Descritivo: Dia Mundial da Língua Portuguesa – 5 de Maio – Os escritores convidados, representantes da literatura em diferentes países da CPLP, pronunciam-se sobre a importância deste reconhecimento, conferido à língua portuguesa por parte da Unesco. Trata-se de um formalismo que foi acompanhado, na altura, do argumento do número de falantes, por o português ser a língua oficial de 260 milhões de pessoas e a mais falada no hemisfério Sul, mas isso será o mesmo que dizer que a literatura escrita em português teve aqui também uma consagração mundial?
Duração: 1h15m


17.30: Mesa Literatura de Reconstrução (directo)
Intervenientes: Dulce Maria Cardoso; Isabela Figueiredo; Luís Cardoso de Noronha; Ondjaki e Mbate Pedro; moderação de Afonso Borges.
Descritivo: Cada reviravolta dramática da história de um povo (seja uma guerra, uma crise económica, uma revolução política, uma emergência sanitária, um ataque terrorista, um cataclismo...) exige uma mudança, por vezes radical, da imagem que esse povo tem de si próprio. Nestes casos, impõe-se a necessidade de criar novas visões, capazes de reelaborar, incluir, e ao mesmo tempo ultrapassar o evento traumático. Qual é o papel da criação literária na constituição desta nova identidade? No estado presente de calamidade mundial que estamos a viver, poderá a literatura ser protagonista ativa da reconstrução do mundo que virá? De que forma?
Duração: 1h15m


18.45: Transmissão do filme Vozes do Português
Realização: Tiago Pereira
Duração: 5 minutos



segunda-feira, 27 de abril de 2020

campanha Livraria às cegas



Livraria às cegas

a Traga-Mundos, juntamente com algumas livrarias da RELI - Rede de Livrarias Independentes, aderiu à campanha Livraria às Cegas.

mediante o valor que queiram transferir (*), peçam livros como que de olhos fechados e recebam um pacote surpresa em casa...

caso queiram também podem enviar alguns dados sobre si ou sobre o tipo de livros que querem receber (romance, poesia, infanto-juvenil, ciências, etc., temas ou interesses, etc.).

podem também não dizer nada e ser mesmo “às cegas”...

também podem fazê-lo como oferta para amigos, para qualquer ocasião (aniversário, amizade, natal, etc).

é também uma forma de apoio solidário para com a (re)abertura das LIVARIAS...

recordamo que traga-mundos é uma livraria especializada na temática de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde estão presentes os autores locais e regionais com projecção nacional e universal –  A.M. Pires Cabral, António Cabral, João de Araújo Correia, Miguel Torga, Otílio Figueiredo, etc...
obras em prosa ou poesia; romances, novelas e contos; livros técnicos e revistas temáticas; álbuns infanto-juvenis e de banda-desenhada; de edições de bolso a álbuns de fotografia; de guias turísticos a cd’s e dvd’s, incluindo álbuns de edição cuidada (turísticos, vinhos, vinhos do porto, quintas, castas, etc); de edições de autor a edições de associações e outras instituições; em português e an mirandés; num esforço para se reunir e apresentar num mesmo local a riqueza e a diversidade cultural e literária da região de Trás-os-Montes e Alto Douro – com uma ponte para a Galiza.

antónio alberto alves
4 de maio de 2020

(*) para abarcar a maioria dos livros que existem na traga_mundos, aconselhamos o valor de 19,00 euros.

quinta-feira, 2 de abril de 2020

ReLI - Rede de LIVRARIAS INDEPENDENTES



ReLI – Rede de LIVRARIAS INDEPENDENTES

A Rede de Livrarias Independentes (ReLI) é uma associação livre de apoio mútuo composta por livrarias de todo o território português sem ligação a redes e cadeias dos grandes grupos editoriais e livreiros. 

Procuramos uma coordenação de esforços para enfrentar a crise no mercado livreiro, que vem comprometendo a existência de pequenas livrarias em todo o país — principalmente agora neste período de pandemia —, intervindo junto da sociedade e dos poderes públicos.

ler Carta Aberta


quinta-feira, 26 de março de 2020

TL - tertúlia de leituras #27 [#ficoemcasa]

[cartaz pelas artes de Gil Machado]

        TL – Tertúlia de Leituras #27
dia 02 de Abril de 2020, quinta-feira, pelas 21h00
da livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal
[a partir de casa de cada um]

tertúlia de leituras traga_mundos
evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês

[NOTA: hoje ficaremos em casa, em isolamento voluntário e solidário. cada um poderá enviar vídeos, de leituras, ou sobre o que leu ou anda a ler, etc. para se partilhar – sobretudo, fiquem em casa e leiam...]


pretende-se um encontro informal de partilha do que andamos a ler: um jornal, um romance, um livro de poesia, uma revista, um trabalho de ciências, um blogue, uma tese de mestrado, uma edição de autor, um álbum de fotografia, uma obra antiga, etc.

não há livros recomendados, só partilhados, e não têm de vir preparados (não é uma apresentação)

participa – e convida um@ amig@ também...

antónio alberto alves
traga_mundos
na primeira quinta-feira de cada mês


-------------

Ler é bom demais! Trocar ideias uns com os outros sobre o que estamos a ler, então…

Desde 7 de Março de 2019, a GATAfunho alinha com a Traga-Mundos numa Tertúlia de Leituras deliciosa!

Todas as primeiras quintas-feiras de cada mês, às 21h, encontramo-nos na livraria GATAfunho, em Oeiras para partilhar o que andamos a ler: um romance, um artigo interessante de jornal ou revista, um livro de poesia ou de boas receitas, um artigo científico, aquele texto de que gostamos num blogue, uma carta que encontramos, velhas histórias em álbuns de fotografias, quem sabe um página de um diário esquecido…

Um encontro sem nenhum tema definido, sem nada preparado, só o prazer da partilha, da conversa à volta da leitura de cada um. Em simultâneo, todos os meses, na GATAfunho em Oeiras e na Traga-Mundos em Vila Real.

E assim se constroem pontes, se encurtam distâncias, se tecem os tecidos da cultura, da palavra e do encontro!

[NOTA: hoje ficaremos em casa, em isolamento voluntário e solidário. cada um poderá enviar vídeos, de leituras, ou sobre o que leu ou anda a ler, etc. para se partilhar – sobretudo, fiquem em casa e leiam...]

Participa, convida os amigos, ajuda a divulgar!

“Read, read, read. Read everything -- trash, classics, good and bad, and see how they do it. Just like a carpenter who works as an apprentice and studies the master. Read! You'll absorb it.
Then write. If it's good, you'll find out. If it's not, throw it out of the window.”
― William Faulkner

Parceria GATAfunho, Traga-Mundos e Contabandistas de Histórias


António Alberto Alves
Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro
Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real
2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

Próximos eventos:
- Janeiro, Fevereiro e Março de 2020: exposição “As Escadas dos Mortos” cianótipos originais de Renaud De Putter, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 11 de Abril de 2020, segunda-feira, pelas 21h00: “Vem e Vê – cinema” #7, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas segundas (2.ª) segundas-feiras de cada mês] [ADIADO]
- dia 25 de Abril de 2020, sábado: participação com uma banca de livros no 3º Congreso de Antropoloxía de/en/desde/para Galicia: 'Da Xeración Nós á Nova Antropoloxía Galega', organizado pola Asociación Galega de Antropoloxía, na Fundación Vicente Risco, Allariz, Galiza;
- dia 30 de Abril de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: tricota_mundos noite #41, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se sempre na última quinta-feira de cada mês]
- dia 7 de Maio de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #28, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]
- dias 7, 8 e 9 de Maio de 2020: participação com uma banca de livros no FLiD – Festival Literário internacional do Douro, no Espaço Miguel Torga em São Martinho de Anta, Sabrosa, Portugal;
- dias 21, 22, 23 e 24 de Maio de 2020: participação na Feira do Livro de Lamego, incluída no festival Literário “Lamego, Cidade Poema", Lamego, Portugal;
- dias 28, 29, 30 e 31 de Julho de 2020: participação com uma banca de livros no 6º Congreso Internacional de Antropología AIBR: “Humanidad: unidad e diversidad”, UTAD – Universidade de Trás-os-Monte e Alto Douro, Vila Real, Portugal;
- e ao longo de 2020 haverá mais, sempre muito mais...

terça-feira, 17 de março de 2020

encerramos temporariamente, até...



a livraria traga_mundos encerrou a porta...

na nossa rua, zona de comércio tradicional, outras lojas têm encerrado, demonstrando ética e responsabilidade social pelo bem-comum e pela comunidade – a tendência será ficar abertos apenas o supermercado, a frutaria, o talho, a farmácia...

certos que melhores tempos virão para regressarmos à partilha e convívio, continuamos a recomendar que fiquem em casa e leiam bons livros...

antónio alberto alves, 17 março 2020

quinta-feira, 12 de março de 2020

eventos traga_mundos adiados...


car@s amig@s

tendo em conta a evolução e a complexidade da situação actual(*), sem alarmismo mas com prudência e responsabilidade para com a comunidade, informamos que ficam cancelados e adiados os próximos eventos programados para o espaço da livraria traga_mundos.

esta é uma decisão preventiva, tomada em prol da saúde pública e do bem-estar social. seguindo atentamente o desenrolar da situação, esperamos em breve reformular e reagendar os referidos eventos, pelo que informaremos.

a tod@s agradecemos a vossa compreensão – nomeadamente a todas as pessoas que estavam envolvidas.

a livraria manter-se-á aberta para qualquer necessidade, também como local do nosso trabalho, e sempre poderão contactar-nos pelos meios habituais: telefone, telemóvel, facebook, whatsapp, instagram – também continuaremos os envios pelo correio.

sempre que não tenham de sair por motivos inadiáveis, recomendamos que fiquem em casa e leiam bons livros...

antónio alberto alves, 12 março 2020

(*) no âmbito das medidas de contenção do Covid-19, decretado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde, e seguindo as recomendações de prevenção partilhadas pela DGS – Direcção-Geral de Saúde.

António Alberto Alves
Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro
Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real
2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

Próximos eventos:
- Janeiro, Fevereiro e Março de 2020: exposição “As Escadas dos Mortos” cianótipos originais de Renaud De Putter, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 12 de Março de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: conversas em redor do livro “Falésia” de Vítor Nogueira, por Isabel Alves e José Eduardo – entre outros, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [ADIADO]
- dia 14 de Março de 2020, sábado, pelas 21h00: apresentação do livro “Raiz” de Vítor Hugo Moreira, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [ADIADO]
- dias 18, 19, 20 e 21 de Março de 2020: participação com uma banca de livros na III edición do festival Alguén que respira!, o Festival de Poesía para Corpo Principal, Teatro Principal, Santiago de Compostela, Galiza; [ADIADO]
- dia 24 de Março de 2020, terça-feira, pelas 21h00: “conexões contemporâneas: música, história, poesia e performance” #2 com o músico brasileiro Vertin, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [ADIADO]
- dia 26 de Março de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: tricota_mundos noite #41, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se sempre na última quinta-feira de cada mês] [ADIADO]
- dia 28 de Março de 2020, sábado, pelas 21h00: apresentação do livro “Retrato d’Autor” de Reinaldo M. Fonseca, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [ADIADO]
- dia 29 de Março de 2020, domingo: passeio pedestre no Marão, organização de Campanoo – associação cultural, ambiental, patrimonial de Campanhó, Mondim de Basto, Portugal; [ADIADO]
- dia 2 de Abril de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #27, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]
- dia 13 de Abril de 2020, segunda-feira, pelas 21h00: “Vem e Vê – cinema” #7, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas segundas (2.ª) segundas-feiras de cada mês]
- dia 25 de Abril de 2020, sábado: participação com uma banca de livros no 3º Congreso de Antropoloxía de/en/desde/para Galicia: 'Da Xeración Nós á Nova Antropoloxía Galega', organizado pola Asociación Galega de Antropoloxía, na Fundación Vicente Risco, Allariz, Galiza;
- dias 7, 8 e 9 de Maio de 2020: participação com uma banca de livros no FLiD – Festival Literário internacional do Douro, no Espaço Miguel Torga em São Martinho de Anta, Sabrosa, Portugal;
- dias 21, 22, 23 e 24 de Maio de 2020: participação na Feira do Livro de Lamego, incluída no festival Literário “Lamego, Cidade Poema", Lamego, Portugal;
- dias 11, 12, 13 e 14 de Junho de 2020: participação com uma banca de livros no XV Encontros da Primavera, Picote, Miranda do Douro, Portugal;
- dias 28, 29, 30 e 31 de Julho de 2020: participação com uma banca de livros no 6º Congreso Internacional de Antropología AIBR: “Humanidad: unidad e diversidad”, UTAD – Universidade de Trás-os-Monte e Alto Douro, Vila Real, Portugal;
- e ao longo de 2020 haverá mais, sempre muito mais...

sexta-feira, 6 de março de 2020

Alheiras, e Alheira de Mirandela


“Alheiras, e Alheira de Mirandela – Do Imaginário à Materialidade da Memória” de António Manuel Monteiro

[…] como as matriarcas deste ramo familiar charcuteiro, e de denominação [alheira] já agarrada ao produto [mirandelense], talvez sejam as pioneiras no comércio exterior à região, na ligação à terra de origem, ao uso dos selos (de chumbo) de garantia e da própria nomeada, à técnica mais enriquecida e não ao saber grosseiro das primogénitas toucinheiras mirandelenses de hábito mais rural. Ao que [me] parece, foram as mais afamadas localmente e as que mais se destacaram pelos anos 20/30 em diante […]

Quando nasceu o filho Mário, à data da primeira guerra, em 1914, para uns, já produzia alheiras para venda à porta e de encomenda, para outros o negócio só viria a consolidar-se (ou mesmo a iniciar-se) depois da morte do primeiro marido, no ano de 1920/1921, aconselhado pelos [amigos] Guicho [alcunha do senhor Augusto Maria Lopes] e esposa M.ª Cândida Lopes (…) Para fora da terra, para o Porto, Coimbra ou para Lisboa, por despacho, só mais tarde! Pelos anos trinta. (Até vendia para os Menéres!)

É a súmula daquele ajuntamento de conversas e argumentações. E esta pressuposição é suficientemente consensual entre as memórias - e herdeiros de memórias - mirandelenses. Pacífico e convincente.


«O Grão-Mestre da Confraria dos Enófilos e Gastrónomos de Trás-os-Montes e Alto Douro diz que esta obra “é o resultado daquilo que estudei e pesquisei ao longo de vários anos” sobre este famoso enchido. “E não há volta a dar. Mirandela teve um peso significativo no desenvolvimento daquilo que é hoje este produto”, adianta.

São várias as histórias à volta do imaginário e da materialidade da memória em torno da alheira. “O livro tenta arrumar um pouco as ideias de como isto surgiu e porque tem a ver com a vivência rural de zonas do interior, nomeadamente o interior transmontano”, explica António Monteiro.
Uma dessas histórias passa pelo pão, que só há relativamente pouco tempo passou a ser um dos ingredientes deste enchido fumado. “Desde que aparecem as denominações históricas de enchidos, o pão nunca era utilizado. Não se desperdiçava o pão em altura de fome, para ensacar e guardar nas alheiras. Comida sem pão é comida de lambão, diz o povo. O pão é uma coisa mais recente nos próprios enchidos”, esclarece» [Rádio Brigantina]

Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...
[também disponíveis os seguintes títulos do autor: “Crónicas Comestíveis”, “Estórias do Azeite”, “Palavras do Olival”; “Cozinha Transmontana” de Alfredo Saramago, fotografias Inês Gonçalves; “Comidas Conversadas – Memórias de Herança Transmontana”, “Identidades Que Se Comem – Da rusticidade alheireira à intimista Lhéngua Mirandesa”]


segunda-feira, 2 de março de 2020

"Vem e Vê" - cinema #6


”Vem e Vê” - cinema #6
dia 9 de Fevereiro de 2020, segunda-feira, pelas 21h00
[evento periódico, a repetir-se em todas segundas (2.ª) segundas-feiras de cada mês]
na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

«Sem anúncio prévio da obra a mostrar, a mostra de cinema ‘Vem e Vê’ aposta no prazer de ver cinema e conversar sobre o que se vê e sente. Um evento que prima pela informalidade e pela possibilidade de se suscitarem diálogos ‘à volta’ de um filme, independentemente do género ou do formato. Ficção, documentário, animação… tudo cabe nesta ‘nossa’ sala.» Humberto Martins, antropólogo, UTAD

cinema surpresa – com debate e discussão

[evento periódico, a repetir-se em todas segundas (2.ª) segundas-feiras de cada mês]
  

António Alberto Alves
Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro
Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real
2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

Próximos eventos:
- Janeiro, Fevereiro e Março de 2020: exposição “As Escadas dos Mortos” cianótipos originais de Renaud De Putter, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 11 de Março de 2020, quarta-feira, pelas 10h00: participação com uma banca de livros no V Simpósio Internacional de Investigação em Arte – “Diálogo Intercultural e Ecuménico através da Arte”, Centro Interpretativo do Jardim Botânico, UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Vila Real, Portugal;
- dia 14 de Março de 2020, sábado, pelas 21h00: apresentação do livro “Raiz” de Vítor Hugo Moreira, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dias 18, 19, 20 e 21 de Março de 2020: participação com uma banca de livros na III edición do festival Alguén que respira!, o Festival de Poesía para Corpo Principal, Teatro Principal, Santiago de Compostela, Galiza;
- dia 24 de Março de 2020, terça-feira, pelas 21h00: “conexões contemporâneas: música, história, poesia e performance” #2 com o músico brasileiro Vertin, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 26 de Março de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: tricota_mundos noite #41, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se sempre na última quinta-feira de cada mês]
- dia 28 de Março de 2020, sábado, pelas 21h00: apresentação do livro “Retrato d’Autor” de Reinaldo M. Fonseca, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 29 de Março de 2020, domingo: passeio pedestre no Marão, organização de Campanoo – associação cultural, ambiental, patrimonial de Campanhó, Mondim de Basto, Portugal;
- dia 2 de Abril de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #27, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]
- dia 13 de Abril de 2020, segunda-feira, pelas 21h00: “Vem e Vê – cinema” #7, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas segundas (2.ª) segundas-feiras de cada mês]
- dia 25 de Abril de 2020, sábado: participação com uma banca de livros no 3º Congreso de Antropoloxía de/en/desde/para Galicia: 'Da Xeración Nós á Nova Antropoloxía Galega', organizado pola Asociación Galega de Antropoloxía, na Fundación Vicente Risco, Allariz, Galiza;
- dias 7, 8 e 9 de Maio de 2020: participação com uma banca de livros no FLiD – Festival Literário internacional do Douro, no Espaço Miguel Torga em São Martinho de Anta, Sabrosa, Portugal;
- dias 21, 22, 23 e 24 de Maio de 2020: participação na Feira do Livro de Lamego, incluída no festival Literário “Lamego, Cidade Poema", Lamego, Portugal;
- dias 28, 29, 30 e 31 de Julho de 2020: participação com uma banca de livros no 6º Congreso Internacional de Antropología AIBR: “Humanidad: unidad e diversidad”, UTAD – Universidade de Trás-os-Monte e Alto Douro, Vila Real, Portugal;
- e ao longo de 2020 haverá mais, sempre muito mais...

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

TL - tertúlia de leituras #26

[cartaz pelas artes de Gil Machado]

        TL – Tertúlia de Leituras #26
dia 05 de Março de 2020, quinta-feira, pelas 21h00
na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

tertúlia de leituras traga_mundos
evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês

[«- O que há de poético na obra de Cervantes – observei, como se estivesse a fazer uma conferência – é quase intransmissível noutra língua. Trata-se, de resto, de um fenómeno literário que abrange qualquer género de grande poesia e de determinado tipo de prosa. Não quer dizer que devemos ignorar Kafka por não saber checo, mas há autores que constroem o clima com a própria língua e existe uma grande desvalorização na passagem para outro idioma. Ler James Joyce sem ser na língua original é perder trinta por cento nas entrelinhas. Ler Rimbaud é como perder qualquer coisa como cinquenta por cento.»
Dennis McShade, “Requiem para D. Quixote”]

pretende-se um encontro informal de partilha do que andamos a ler: um jornal, um romance, um livro de poesia, uma revista, um trabalho de ciências, um blogue, uma tese de mestrado, uma edição de autor, um álbum de fotografia, uma obra antiga, etc.

não há livros recomendados, só partilhados, e não têm de vir preparados (não é uma apresentação)

aparece – e traz um@ amig@ também...

antónio alberto alves
traga_mundos
na primeira quinta-feira de cada mês


-------------

Ler é bom demais! Trocar ideias uns com os outros sobre o que estamos a ler, então…

Desde 7 de Março de 2019, a GATAfunho alinha com a Traga-Mundos numa Tertúlia de Leituras deliciosa!

Todas as primeiras quintas-feiras de cada mês, às 21h, encontramo-nos na livraria GATAfunho, em Oeiras para partilhar o que andamos a ler: um romance, um artigo interessante de jornal ou revista, um livro de poesia ou de boas receitas, um artigo científico, aquele texto de que gostamos num blogue, uma carta que encontramos, velhas histórias em álbuns de fotografias, quem sabe um página de um diário esquecido…

Um encontro sem nenhum tema definido, sem nada preparado, só o prazer da partilha, da conversa à volta da leitura de cada um. Em simultâneo, todos os meses, na GATAfunho em Oeiras e na Traga-Mundos em Vila Real.

E assim se constroem pontes, se encurtam distâncias, se tecem os tecidos da cultura, da palavra e do encontro!

Vem, convida os amigos, ajuda a divulgar!

“Read, read, read. Read everything -- trash, classics, good and bad, and see how they do it. Just like a carpenter who works as an apprentice and studies the master. Read! You'll absorb it.
Then write. If it's good, you'll find out. If it's not, throw it out of the window.”
― William Faulkner

Parceria GATAfunho, Traga-Mundos e Contabandistas de Histórias


António Alberto Alves
Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro
Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real
2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

Próximos eventos:
- Janeiro, Fevereiro e Março de 2020: exposição “As Escadas dos Mortos” cianótipos originais de Renaud De Putter, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 7 de Março de 2020, sábado, pelas 21h00: apresentação do livro “A Senhora Professora” de Rui Alvites, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 9 de Março de 2020, segunda-feira, pelas 21h00: “Vem e Vê – cinema” #6, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas segundas (2.ª) segundas-feiras de cada mês]
- dia 12 de Março de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: conversas em redor do livro “Falésia” de Vítor Nogueira, por Isabel Alves e José Eduardo – entre outros, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 14 de Março de 2020, sábado, pelas 21h00: apresentação do livro “Raiz” de Vítor Hugo Moreira, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dias 18, 19, 20 e 21 de Março de 2020: participação com uma banca de livros na III edición do festival Alguén que respira!, o Festival de Poesía para Corpo Principal, Teatro Principal, Santiago de Compostela, Galiza;
- dia 24 de Março de 2020, terça-feira, pelas 21h00: “conexões contemporâneas: música, história, poesia e performance” #2 com o músico brasileiro Vertin, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 26 de Março de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: tricota_mundos noite #41, na Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se sempre na última quinta-feira de cada mês]
- dia 28 de Março de 2020, sábado, pelas 21h00: apresentação do livro “Retrato d’Autor” de Reinaldo M. Fonseca, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;
- dia 29 de Março de 2020, domingo: passeio pedestre no Marão, organização de Campanoo – associação cultural, ambiental, patrimonial de Campanhó, Mondim de Basto, Portugal;
- dia 2 de Abril de 2020, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #27, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]
- dia 25 de Abril de 2020, sábado: participação com uma banca de livros no 3º Congreso de Antropoloxía de/en/desde/para Galicia: 'Da Xeración Nós á Nova Antropoloxía Galega', organizado pola Asociación Galega de Antropoloxía, na Fundación Vicente Risco, Allariz, Galiza;
- dias 28, 29, 30 e 31 de Julho de 2020: participação com uma banca de livros no 6º Congreso Internacional de Antropología AIBR: “Humanidad: unidad e diversidad”, UTAD – Universidade de Trás-os-Monte e Alto Douro, Vila Real, Portugal;
- dias 7, 8 e 9 de Maio de 2020: participação com uma banca de livros no FLiD – Festival Literário internacional do Douro, no Espaço Miguel Torga em São Martinho de Anta, Sabrosa, Portugal;
- e ao longo de 2020 haverá mais, sempre muito mais...