quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

TL - tertúlia de leituras #72


[cartaz pelas artes de Gil Machado]

TL – tertúlia de leituras #72

dia 07 de Março de 2024, quinta-feira, pelas 21h00

[evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

 

tertúlia de leituras traga_mundos

evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês

evento presencial: NA LIVRARIA

 

[«Quando fico nervosa não gosto de discutir. Prefiro escrever. Todos os dias eu escrevo. Sento no quintal e escrevo.» Carolina Maria de Jesus, “Quarto de Despejo – Diário de uma favelada”]

 

pretende-se um encontro informal de partilha do que andamos a ler: um jornal, um romance, um livro de poesia, uma revista, um trabalho de ciências, um blogue, uma tese de mestrado, uma edição de autor, um álbum de fotografia, uma obra antiga, etc.

 não há livros recomendados, só partilhados, e não têm de vir preparados (não é uma apresentação)

 participa – e convida um@ amig@ também...

 [a livraria traga_mundos, ao longo de 2024, irá comemorar e evocar dois temas: os 100 anos do nascimento de Amílcar Cabral e os 50 anos de 25 de Abril. nos eventos de periodicidade mensal – na TL – tertúlia de leituras, a cada primeira quinta-feira do mês, e no + Poesia do Colectivo Penêdo, a cada terceira quinta-feira do mês – irão sempre incluir esta duas temáticas. outros eventos irão surgir ao longo do ano – que iremos divulgando]

 antónio alberto alves

traga_mundos

na primeira quinta-feira de cada mês

 

António Alberto Alves

Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro

Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

259 103 113 | 935 157 323 | traga.mundos1@gmail.com

http://traga-mundos.blogspot.com/ | www.facebook.com/livrariatragamundos/  | www.instagram.com/traga_mundos_livraria/

 

próximos eventos:

- Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro de 2023, Janeiro, Fevereiro, Março de 2024: exposição de colecção de artes da livraria traga_mundos [pintura, desenho, fotografia, cianótipo, texto], na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 21 de Março de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: + Poesia por Colectivo Penêdo #16, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

- dia 4 de Abril de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #73, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

- e ao longo de 2024 haverá mais, sempre muito mais...

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024

tertúlia “Montanhas Sagradas do Barroso: Regeneração e Agrofloresta contra o Lítio”


 tertúlia “Montanhas Sagradas do Barroso: Regeneração e Agrofloresta contra o Lítio”

dia 22 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00

na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

 

«Barroso contra as minas! Dia 22, na Traga-Mundos, às 21 horas, um coletivo de Boticas apresenta um projeto de Agrofloresta contra o lítio, contra a exploração capitalista desenfreada dos recursos naturais e das populações. As Montanhas Sagradas do Barroso vencerão!» II Encontro de AgroEcologia

 

[Uma conversa sobre a Febre do Lítio, as Resistências Locais e um Projecto de Agrofloresta]

 

António Alberto Alves

Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro

Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

259 103 113 | 935 157 323 | @gmail.com"traga.mundosHYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"1HYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"@gmail.com

http://traga-mundos.blogspot.com/ | www.facebook.com/livrariatragamundos/  | www.instagram.com/traga_mundos_livraria/

 

próximos eventos:

- Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro de 2023, Janeiro, Fevereiro de 2024: exposição de colecção de artes da livraria traga_mundos [pintura, desenho, fotografia, cianótipo, texto], na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 7 de Março de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #72, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

- dia 21 de Março de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: + Poesia por Colectivo Penêdo #16, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

- e ao longo de 2024 haverá mais, sempre muito mais...

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2024

Lítio por José Carlos Barros


“Lítio” de José Carlos Barros

Flan de Tal, colecção elemeNtário, volume n.º 15, 2023

 

De entre os metais

 

O ferro escolho de entre

os metais

em vez da prata,

do lítio, do

ouro,

em memória dos portões

dos pátios, do garfo

e da faca, das aivecas

do arado,

da grade

da varanda,

como exemplo do que está

ao serviço

das causas

e das pessoas

comuns.

 

Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...

[também disponível do autor os títulos: “O Uso dos Venenos”; “O Prazer e o Tédio”, “Um Amigo Para o Inverno”, “As Pessoas Invisíveis”]

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2024

+ POESIA por Colectivo Penêdo #15

 


+ POESIA por Colectivo Penêdo #15

dia 15 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00

[evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

 

«O amor está no ar… e a poesia também! Neste 15 de fevereiro, venha ler uns poemas atardados de S. Valentim com o coletivo Penedo. Traga seus livros, seus escritos e a voz bem afinada com mel e paixão. Toda a poesia é bem-vinda!» Miguel Batalha

[como todos os dias são dias de POESIA, vem partilhar palavras em poesia: trás os livros e poesias dos teus autores preferidos – ou de vossa autoria – e vem dizer e ouvir por outros adoradores de palavras em rima ou livremente, em partilhas]

[a livraria traga_mundos, ao longo de 2024, está a comemorar e evocar dois temas: os 100 anos do nascimento de Amílcar Cabral e os 50 anos de 25 de Abril. nos eventos de periodicidade mensal – na TL – tertúlia de leituras, a cada primeira quinta-feira do mês, e no + Poesia do Colectivo Penêdo, a cada terceira quinta-feira do mês – irão sempre incluir esta duas temáticas. outros eventos irão surgir ao longo do ano – que iremos divulgando]

 

António Alberto Alves

Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro

Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

259 103 113 | 935 157 323 | @gmail.com"traga.mundosHYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"1HYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"@gmail.com

http://traga-mundos.blogspot.com/ | www.facebook.com/livrariatragamundos/  | www.instagram.com/traga_mundos_livraria/

 

próximos eventos:

- Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro de 2023, Janeiro, Fevereiro de 2024: exposição de colecção de artes da livraria traga_mundos [pintura, desenho, fotografia, cianótipo, texto], na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 22 Fevereiro de 2024, pelas 21h00: tertúlia “Montanhas Sagradas do Barroso: Regeneração e Agrofloresta contra o Lítio”, II Encontro de AgroEcologia, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 7 de Março de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #72, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

- dia 21 de Março de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: + Poesia por Colectivo Penêdo #16, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

- e ao longo de 2024 haverá mais, sempre muito mais...

sábado, 27 de janeiro de 2024

Livraria Traga-Mundos & Mapa - Jornal de Informação Crítica


A Livraria Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro, em Vila Real, especializa-se na cultura transmontana, desde que abriu portas em 2011. Falámos com António Alberto Alves sobre este lugar onde também mora o vinho e o artesanato, mafarricos e bruxas, oficinas e exposições.

Como surgiu a livraria Traga-Mundos e porquê o nome?

O desejo de ter uma livraria na «idade da reforma» era um projecto que eu acalentava há muito. Concretizou-se quando decidi reaproximar-me dos meus pais e família, na sua aldeia de Trás-os-Montes, e abri a porta na zona histórica de Vila Real em 2011. A livraria é um espaço temático sobre a região de Trás-os-Montes e Alto Douro, uma região muito rica na sua geografia, gentes, natureza e culturas, desde as serras do Barroso ao planalto Mirandês, do Parque Natural de Montesinho ao Alto Douro Vinhateiro. Uma região de escritores e músicos, poetas e artesões; de mitologias populares, trastos e mafarricos, «almas penadas e diabos, bruxas e maus-olhados», moiras encantadas e maruxinhos. O nome evoca a obra “Senhor Ventura”, de Miguel Torga.

Para além dos livros, que mais se passa na Traga-Mundos?

A Traga-Mundos é uma livraria especializada em Trás-os-Montes e Alto Douro mas também um espaço onde se realizam diversos eventos: encontros, palestras, tertúlias, exposições, cinema, oficinas - desde o fabrico de velas artesanais ou pão, até à fotografia, à escrita ou às fanzines; sessões de degustação; provas e cursos de vinho; noite de jogos de tabuleiro.

Como tem sido a relação da livraria com a cidade?

Ao longo de 12 anos de porta aberta e de múltiplas actividades, continuamos sem qualquer colaboração, articulação, apoio das entidades responsáveis pela cultura, turismo, fundações, comércio, empresas, imprensa, empreendorismo e afins. Significa também que somos independentes – sem compadrios, sem «capelinhas», nem clientismos partidários. Preferimos a acção de levar os livros pela região; levamos bancas de livros aonde podemos e para onde somos convidados: seminários, feiras, congressos, jornadas, escolas, teatros ou bibliotecas.

As pessoas mais jovens são também leitoras ávidas?

De «avidez» de leitura anda o país e o mundo há muito em dita «crise»! Uma livraria é frequentada maioritariamente por pessoas que amam o Livro e a Leitura. Na realização mensal das tertúlias de leitura, e nas sessões de partilha de poesia, acolhemos diversos leitores onde se incluem bastantes jovens – o que nos permite consolidar uma perspectiva deveras optimista do futuro do Livro e da Leitura. Salientando que uma livraria oferece um espaço de leituras alternativas – como é o exemplo do jornal Mapa -, de cultura diversificada, plural, de diferentes perspectivas e opiniões, caleidoscópio de olhares e de correntes de sentimentos, de cidadania e saber pensar.

- Podes deixar-nos uma sugestão de literatura transmontana?

Na impossibilidade de nomear diversificadas obras e inúmeros autores, preferimos deixar o convite para visitarem a livraria traga_mundos e o «mundo maravilhoso» (Miguel Torga) que os acolherá: romances, poesia, fotografia, ciências sociais, estórias orais e infantis, história, teatro, etnografia, guias, arte, viticultura, banda-desenhada, património, botânica, monografias, gastronomia, em língua portuguesa, transmontana e an mirandés – Asterix, L Princepico, libro de bersos, etc.

Sandra Faustino, “Mapa” – jornal de informação crítica, n.º 40 – Janeiro - Março 2024

quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

TL - tertúlia de leituras #71


[cartaz pelas artes de Gil Machado]

 

TL – tertúlia de leituras #71

dia 01 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00

[evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

 

tertúlia de leituras traga_mundos

evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês

 evento presencial: NA LIVRARIA

 

[«À entrada da igreja batemos palmas como manda o respeito. Nós não batemos nas portas como fazem os brancos. A porta é já dentro, a casa começa no limite do quintal.» Mia Couto, “As Areais do Imperador – livro dois – A Espada e a Azgaia”]

 

pretende-se um encontro informal de partilha do que andamos a ler: um jornal, um romance, um livro de poesia, uma revista, um trabalho de ciências, um blogue, uma tese de mestrado, uma edição de autor, um álbum de fotografia, uma obra antiga, etc.

 não há livros recomendados, só partilhados, e não têm de vir preparados (não é uma apresentação)

 participa – e convida um@ amig@ também...

 [a livraria traga_mundos, ao longo de 2024, irá comemorar e evocar dois temas: os 100 anos do nascimento de Amílcar Cabral e os 50 anos de 25 de Abril. nos eventos de periodicidade mensal – na TL – tertúlia de leituras, a cada primeira quinta-feira do mês, e no + Poesia do Colectivo Penêdo, a cada terceira quinta-feira do mês – irão sempre incluir esta duas temáticas. outros eventos irão surgir ao longo do ano – que iremos divulgando]

 antónio alberto alves

traga_mundos

na primeira quinta-feira de cada mês

 

António Alberto Alves

Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro

Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

259 103 113 | 935 157 323 | @gmail.com"traga.mundosHYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"1HYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"@gmail.com

http://traga-mundos.blogspot.com/ | www.facebook.com/livrariatragamundos/  | www.instagram.com/traga_mundos_livraria/

 

próximos eventos:

- Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro de 2023, Janeiro de 2024: exposição de colecção de artes da livraria traga_mundos [pintura, desenho, fotografia, cianótipo, texto], na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 15 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: + Poesia por Colectivo Penêdo #15, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

- dia 7 de Março de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #72, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

- e ao longo de 2024 haverá mais, sempre muito mais...

quarta-feira, 24 de janeiro de 2024

“Mapa” – jornal de informação crítica n.º 40 – Janeiro - Março 2024

 


“Mapa” – jornal de informação crítica

n.º 40 – Janeiro - Março 2024

 

«E eis-nos chegados ao MAPA #40, no ano em que o 25 de Abril faz 50. Um número que é um grito por um cessar-fogo na Palestina, onde a guerra, como sempre, se assemelha a um investimento. Mas que não esquece que, com a normalização das investidas policiais nas universidades, também por cá os tempos não são os melhores para as liberdades. Visitamos Chiapas – cuja experiência zapatista está, ao fim de 30 anos, em processo de alterar a sua estrutura de autogoverno – e Rojava, esta através dum olhar trans não binário. Em terrenos mais próximos, passamos pela Andaluzia na sua luta pela terra, por Covas do Barroso na sua oposição à mineração, por Contumil (Porto) no seu processo de gentrificação, e por Curral das Freiras (Madeira) no seu combate pelo território. Não faltam ainda entrevistas, incluindo a Solveig Nordlund, cineasta fundamental da filmografia de Abril, ao ressurgido Indymedia e a dois pontos onde podes encontrar o MAPA à venda [Livraria Aberta e Livraria Traga-Mundos]. Notícias também da Europa-Fortaleza, num tempo de cada vez maior utilização da Inteligência Artificial para fins repressivos que Joseph Weizenbaum parece ter previsto em 1976. Destaque central para o Vale dos Vencidos, livro de José Smith Vargas acabadinho de editar. Tudo isto com paragens para humor, literatura, cinema, poesia, ilustração, BD, ….»

Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...

[também disponível o seguintes números: 34, 35, 36 e 38, 39]

sábado, 20 de janeiro de 2024

20 de Janeiro | Nô Pensa CABRAL | CABRAL ka murri

 


 Nô Pensa CABRAL

AMÍLCAR Lopes da Costa CABRAL nasceu em Bafatá, Guiné Portuguesa, actual Guiné-Bissau, a 12 de Setembro de 1924, e foi morto na Guiné-Conacri, a 20 de Janeiro de 1973. Agrónomo, foi activista e líder político, escritor e pensador, da Guiné e Cabo Verde, África.

CABRAL ka murri

«se eu me for embora, se eu parar, se eu morrer, ou desaparecer, há gente aqui, neste Partido, que é capaz de andar com ele para a frente. Porque um homem que fez uma obra que só ele é capaz de continuar ainda não fez nada. Uma obra vale, na medida que é obra de muita gente.» Amílcar Cabral, “Nacionalismo e Cultura”

a livraria traga_mundos, ao longo de 2024, irá comemorar e evocar dois temas: os 100 anos do nascimento de Amílcar Cabral e os 50 anos de 25 de Abril. nos eventos de periodicidade mensal – na TL – tertúlia de leituras, a cada primeira quinta-feira do mês, e no + Poesia do Colectivo Penêdo, a cada terceira quinta-feira do mês – irão sempre incluir esta duas temáticas. outros eventos irão surgir ao longo do ano – que iremos divulgando.

20 de Janeiro | Nô Pensa CABRAL | CABRAL ka murri



sexta-feira, 19 de janeiro de 2024

Apresentação de “Pôr os Olhos no Caminho” de José Pinto

 


Apresentação de “Pôr os Olhos no Caminho” de José Pinto

por Pedro Eiras, com o autor

dia 27 de Janeiro de 2024, sábado, 18h00

na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

 

«O autor, a Editora Nova Mymosa e a Livraria Traga-Mundos têm o prazer de convidar para a conversa em torno do livro “Pôr os Olhos no Caminho” de José Pinto. O livro foi escrito durante a pandemia, depois do regresso de Cabo Verde a Portugal, na fronteira entre memória e esperança. Pedro Eiras fará o prelúdio deste momento, que conta com uma performance poética do livro pelo autor com Márcia C. Brito. E como a vontade é de que seja bonita a festa, manda dizer o livreiro: traz outro amigo e amiga também.» o autor

 

António Alberto Alves

Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro

Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

259 103 113 | 935 157 323 | @gmail.com"traga.mundosHYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"1HYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"@gmail.com

http://traga-mundos.blogspot.com/ | www.facebook.com/livrariatragamundos/  | www.instagram.com/traga_mundos_livraria/

próximos eventos:

- Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro de 2023, Janeiro de 2024: exposição de colecção de artes da livraria traga_mundos [pintura, desenho, fotografia, cianótipo, texto], na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 20 de Janeiro de 2024, sábado: evocar Amílcar Cabral na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- 27 de Janeiro de 2024, sábado, pelas 18h00: apresentação de “Pôr os Olhos no Caminho” de José Pinto, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 1 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #71, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

- dia 15 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: + Poesia por Colectivo Penêdo #15, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

- e ao longo de 2024 haverá mais, sempre muito mais...

quinta-feira, 18 de janeiro de 2024

“A Batalha – Jornal de Expressão Anarquista” n.º 300, Jan / Mar 2024

 


“A Batalha – Jornal de Expressão Anarquista” n.º 300, Jan / Mar 2024

 

«Número redondo. Trezentas edições de A Batalha publicadas desde 1974, quando um grupo de velhos militantes da CGT se juntou a uma nova geração para voltar a pôr de pé o histórico título do anarquismo em Portugal. Número redondo que sai para as bancas no preciso dia em que lembramos os redondos 90 anos do movimento insurreccional de 1934. Nesta edição, dedicamos especial atenção ao 18 de Janeiro, com um artigo de Hermínio de Freitas Nunes sobre a história do operariado vidreiro da Marinha Grande e uma breve genealogia da lenta, mas decidida organização do patronato, que acabou por dar o golpe de misericórdia no sindicalismo livre com a criação do modelo corporativista. Mas não só de velhas insurreições é feita esta edição de A Batalha. Traçamos um retrato da vida militante de Alfredo Bonanno, que morreu no final do ano passado, e através dele procuramos compreender o significado ético da sua insurreição de conduta.

Destaca-se, também, uma importante entrevista do CrimethInc. a Jonathan Pollak, antigo activista dos Anarchists Against the Wall, sobre a resistência palestiniana e a normalização de dispositivos extra-judiciais na punição de dissidentes à máquina de guerra colonial do Estado israelita. Por cá, o colectivo Vozes de Dentro foi um dos organizadores de manifestações de apoio a pessoas presas em Lisboa e Coimbra no dia 31 de Dezembro. Juntamos o seu testemunho sobre os acontecimentos desse dia, que resultou na detenção de um manifestante e na agressão de um jornalista, em mais um exemplo da naturalização da violência policial que ficou ostensivamente demonstrada ao longo do último ano.

Entre o aparato securitário neo-liberal, que já se vislumbra também na Argentina, com Milei, receitas antropofágicas, um retrato à la minuta de Schiele, a reabertura do debate em torno do identitarismo e o regresso da Subida da Rampa do Vale de Santo António, eis o número 300 de A Batalha a abrir 2024, ano em que celebramos os 50 anos do ressurgimento do nosso jornal. Mas mais sobre isso depois da gritaria e da canícula.»

Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...

quinta-feira, 11 de janeiro de 2024

+ POESIA por Colectivo Penêdo #14

 


+ POESIA por Colectivo Penêdo #14

dia 18 de Janeiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00

[evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

 

«O coletivo Penedo volta em 2024 com as sessões mais poéticas para cá do Marão. Dia 18 de janeiro, venha, junto de poetas e ditores de poesia, trazer os seus livros e ler, em voz bem alta e soante, os versos quentes que, nestes dias de Inverno, tanta falta fazem.» Miguel Batalha

[como todos os dias são dias de POESIA, vem partilhar palavras em poesia: trás os livros e poesias dos teus autores preferidos – ou de vossa autoria – e vem dizer e ouvir por outros adoradores de palavras em rima ou livremente, em partilhas]

 

António Alberto Alves

Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro

Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

259 103 113 | 935 157 323 | @gmail.com"traga.mundosHYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"1HYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"@gmail.com

http://traga-mundos.blogspot.com/ | www.facebook.com/livrariatragamundos/  | www.instagram.com/traga_mundos_livraria/

 

próximos eventos:

- Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro de 2023, Janeiro de 2024: exposição de colecção de artes da livraria traga_mundos [pintura, desenho, fotografia, cianótipo, texto], na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 20 de Janeiro de 2024, sábado: evocar Amílcar Cabral na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- 27 de Janeiro de 2024, sábado, pelas 18h00: apresentação de “Pôr os Olhos no Caminho” de José Pinto, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 1 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #71, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

- dia 15 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: + Poesia por Colectivo Penêdo #15, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

- e ao longo de 2024 haverá mais, sempre muito mais...

quarta-feira, 3 de janeiro de 2024

olhar Lisboa, da jovem Galiza


“As Ruínas de Lisboa” de Esteban Souto

«A parella que forman o Vítor e o Anxo viaxa a Lisboa canda os seus amigos Elisa e Tom. A luz e a fascinación da cidade obrígaos a mirar para si mesmos e para o seu amor sen a protección dos sobreentendidos e a rutina.
O debú no cómic de Esteban Souto é unha novela gráfica moi moderna e profunda sobre o amor e o costume. Personaxes moi ben escritos e debuxados e, de fondo, unha Lisboa que é un protagonista máis.»

Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...

segunda-feira, 1 de janeiro de 2024

quinta-feira, 28 de dezembro de 2023

TL - tertúlia de leituras #70

[cartaz pelas artes de Gil Machado]


TL – tertúlia de leituras #70

dia 04 de Janeiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00

[evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

 

tertúlia de leituras traga_mundos

evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês

 evento presencial: NA LIVRARIA

 [«A poesia não é um género literário, é um idioma anterior a todas as palavras» Mia Couto, “O Mapeador de Ausências”]

 pretende-se um encontro informal de partilha do que andamos a ler: um jornal, um romance, um livro de poesia, uma revista, um trabalho de ciências, um blogue, uma tese de mestrado, uma edição de autor, um álbum de fotografia, uma obra antiga, etc.

 não há livros recomendados, só partilhados, e não têm de vir preparados (não é uma apresentação)

 participa – e convida um@ amig@ também...

 antónio alberto alves

traga_mundos

na primeira quinta-feira de cada mês

 

António Alberto Alves

Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro

Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

259 103 113 | 935 157 323 | @gmail.com"traga.mundosHYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"1HYPERLINK "@gmail.com%22traga.mundos1@gmail.com"@gmail.com

http://traga-mundos.blogspot.com/ | www.facebook.com/livrariatragamundos/  | www.instagram.com/traga_mundos_livraria/

 

próximos eventos:

- Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro de 2023, janeiro de 2024: exposição de colecção de artes da livraria traga_mundos [pintura, desenho, fotografia, cianótipo, texto], na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 18 de Janeiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: + Poesia por Colectivo Penêdo #14, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

- dia 1 de Fevereiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #71, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

- e ao longo de 2024 haverá mais, sempre muito mais...

domingo, 17 de dezembro de 2023

+ POESIA por Colectivo Penêdo #13

 


+ POESIA por Colectivo Penêdo #13

dia 21 de Dezembro de 2023, quinta-feira, pelas 21h00

[evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal

 

«Está frio lá fora. Não há neve, mas está frio. É preciso calor humano, candura num mundo cinzento, apático e sem poesia.

Os penedos da montanha gemem. Gemem perante a cidade cinzenta, triste e abandonada, e lançam choros de saibro pelas encostas e rio abaixo, com a esperança de algum viajante, de algum pastor, de algum sonhador se detenha e se inspire.

Neste Natal frio de decadência moderna, de luzes artificiais e presentes empacotados, venha ditar poesia com o coletivo Penedo, venha sentir a candura dos montes e dos vales, e das alcateias que se refugiam do briol das serras na companhia de uns dos outros. Dia 21 de dezembro, às 21:00 horas, na livraria Traga-Mundos. Traga seus escritos, seus textos, seus livros de poesia para ditar. Traga doçaria para partilhar, que nós traremos a nossa – eventualmente poderemos sair para cear...

Entre poetas e entre poesia, venha viver o Natal, connosco, entre a brancura imaginada de uma cidade cheia de neve.» Miguel Batalha

 

António Alberto Alves

Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro

Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00

259 103 113 | 935 157 323 | traga.mundos1@gmail.com

http://traga-mundos.blogspot.com/ | www.facebook.com/livrariatragamundos/ | www.instagram.com/traga_mundos_livraria/

 

próximos eventos:

- Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro de 2023: exposição de colecção de artes da livraria traga_mundos [pintura, desenho, fotografia, cianótipo, texto], na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal;

- dia 4 de Janeiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: TL – tertúlia de leituras #70, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as primeiras quintas-feiras de cada mês]

- dia 18 de Janeiro de 2024, quinta-feira, pelas 21h00: + Poesia por Colectivo Penêdo #14, na livraria Traga-Mundos, Vila Real, Portugal; [evento periódico, a repetir-se em todas as terceiras quintas-feiras de cada mês]

- e ao longo de 2024 haverá mais, sempre muito mais...

quinta-feira, 14 de dezembro de 2023

Lendas e Contos Populares Transmontanos


“Lendas e Contos Populares Transmontanos | Tesouros da Memória Vol. I – Bragança e Vinhais” 
de Alexandre Parafita

 

Com este livro, dá-se início a um trabalho de recolha e estudo das Lendas e Contos Populares Transmontanos com a participação marcante de um vasto número de "Narradores da Memória", que transmitiram de viva voz as suas narrações tal como as ouviram aos antepassados. Ao todo, um corpus de 215 lendas e contos.

No espólio recolhido, sobressaem as lendas de lugares, de capelas, alminhas e cruzeiros, milagres, aparições da Virgem, tesouros em ruínas de castros e castelos, mouros guerreiros e mouras encantadas, lobisomens, bruxas, almas penadas, trasgos e demónios; a par de um rol vastíssimo de contos populares, classificados de acordo com os catálogos internacionais, onde figuram os contos religiosos, contos de animais, contos de encantamento, contos jocosos e anticlericais.

São histórias fantásticas, que voaram no tempo nas asas da memória dos seus narradores. Galgaram países, montanhas, cidades e aldeias, numa viagem imparável na voz de romeiros, jograis, corsários, meirinhos, amoladores e almocreves. Entraram e saíram em palácios, nos lares humildes das serras, nas choupanas dos pastores, tornando-se hoje um acervo importante da cultura e identidade de um povo.

 

Alexandre Parafita, doutor em Cultura Portuguesa (na área do Património Cultural Imaterial) e mestre em Ciências da Comunicação (especialidade de Antropologia da Comunicação), é docente do ensino superior, investigador integrado do Centro de Estudos de Letras (CEL) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e investigador colaborador do CEPESE (Universidade do Porto) e do CLEPUL (Universidade de Lisboa), etnógrafo, escritor e jornalista.

Publicou mais de meia centena de livros, em domínios multi-disciplinares, desde os estudos do património cultural, antropologia e etnografia, à ficção, poesia e literatura infanto-juvenil. Grande parte da sua obra faz parte do Plano Nacional de Leitura (PNL), integra manuais escolares de vários níveis de ensino e é bibliografia fundamental em cursos universitários.

 

Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...

[disponível também do autor os seguintes títulos: "Histórias de Natal contadas em verso" ilustrações Bruno Pereira, "Branca Flor, o príncipe e o demónio" ilustrou Pedro Morais, "Vou Morar No Arco-Íris" ilustrações de Pedro Pires, "Balada das Sete Fadas" ilustrações de Miguel Gabriel, "As Três Touquinhas Brancas" ilustrações de Jorge Miguel, “A princesinha dos bordados de ouro” ilustração José Saraiva, “Chovia ouro no bosque” ilustração Onofre Varela, “Diabos, diabritos e outros mafarricos”, ilustração Fátima Buco, “Bruxas, feiticeiras e suas maroteiras” ilustração Fátima Buco, “Lobos, Raposas, Leões e outros figurões” ilustrações de Alberto Faria, “O Tesouro dos Maruxinhos – Mitos e lendas para os mais novos” ilustrações Miguel Gabriel, "Contos de Animais com Manhas de Gente" ilustrações de Eunice Rosado, “A Mala Vazia e algumas histórias de tradição oral” ilustrações de Pedro Serapicos, “Ardínia, a moura que morreu por amor”, ilustrações - Ana Lúcia Pinto, “Magalhães nos olhos de um menino” de Alexandre Parafita e Simone de Fátima Gonçalves, ilustrações de Rui Pedro Lourenço, “Meia dúzia de contos tão alegres como tontos”, ilustrações Sofia Travassos Diogo; “Antropologia da Comunicação – ritos, mitos, mitologias”, "Património Imaterial do Douro” - Vol. I e Vol. II", "Os Provérbios e a Cultura Popular", "A Mitologia dos Mouros", "Antologia de Contos Populares" Vol. II, "O Maravilhoso Popular", "A Comunicação e Literatura Popular"; “A Máscara do Demo”; “Lendas e Mitos dos Castelos de Portugal”; “Mitologia Popular Portuguesa”, S. João da Pesquira – Património Imaterial – Linguagem, Lendas e Mitos”]

segunda-feira, 11 de dezembro de 2023

Antes Que Me Esqueça – a Diplomacia e a Vida


 “Antes Que Me Esqueça – a Diplomacia e a Vida” Francisco Seixas da Costa

 

«Sem querer estar a repetir a fórmula que Magritte usou para a imagem do cachimbo, começo por deixar claro que as recordações que junto neste volume, embora podendo à primeira vista parecê-lo, não representam as memórias das quase quatro décadas que passei na diplomacia e, conjunturalmente, na atividade política. Não excluo que, um dia, possa ir por esse caminho, mas não é o caso deste livro. Aqui apenas se acolhem textos que fui inserindo, entre 2009 e 2022, no meu blogue Duas ou Três Coisas, nos quais registei factos, episódios e retratos retirados daquelas minhas experiências, que entendi poderem oferecer algum interesse de leitura. São o produto de uma escrita solta, ao ritmo rápido da tecla, ao jeito da linguagem despretensiosa que é corrente nas plataformas de comunicação imediata.» Francisco Seixas da Costa

Francisco Seixas da Costa nasceu em 1948, em Vila Real. É licenciado em Ciências Sociais e Políticas. Depois de experiências profissionais na publicidade e na banca, ingressou, em 1975, na carreira diplomática. Foi embaixador na ONU, OSCE, Brasil, França e UNESCO. Foi Secretário de Estado dos Assuntos Europeus, em dois governos. Após se ter aposentado do serviço público, foi diretor-executivo do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, docente universitário convidado, consultor e gestor no setor privado, colunista e comentador de temas diplomáticos na comunicação social. 

Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...

sábado, 9 de dezembro de 2023

Palco Interior - impressões pela realidade teatral do interior transmontano

 


“Palco Interior” de Carlos Alves

 

“Palco Interior” parte de um processo de pesquisa sobre os efeitos da interioridade nas vivências artísticas numa região do Interior do país, neste caso a região transmontana de Vila Real.

Este livro é um registo desse processo; fala de experimentalismo em artes performativas, apresenta elementos de escrita diarística sobre o período em que decorreu esta investigação e inclui a versão integral de um texto para cena, composto a partir da pesquisa então realizada.

“Palco Interior” é um documento único, até ao momento, sobre o período actual e a história recente do teatro em Vila Real.

Este trabalho é complementado com um documentário, realizado em Vila Real, entre Julho de 2022 e Agosto de 2023, o qual pode ser visto através de um QR code incluído no livro.

1ª edição - Agosto de 2023

 

"Segue-se uma viagem de impressões pela realidade teatral do interior transmontano, em particular da região vilarrealense, onde Trás-os-Montes naturalmente não se esgota. Digo viagem de impressões porque me preocupei mais em escrever sobre o que pude pensar ao longo deste tempo, sozinho e com os outros, do que em marcar conclusões definitivas em folhas de papel. Nada é definitivo, nem as conclusões nem o papel. Foi bom estar um ano a trabalhar nisto, porque o espaço de doze meses permite verificar o dinamismo e acompanhar o que está em mudança, o que está a acontecer. Com menos tempo também se escrevia um livro mas a actualidade passava-lhe por baixo. Donde a realidade também". (excerto da Introdução)

 

Biografia do autor:

 

Carlos Alves é Mestre em Teatro - especialização em Artes Performativas, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Iniciou o percurso profissional no Teatro em 2006. Concluiu a Licenciatura em Comunicação Social, em 2008. Integrou a Companhia do Teatro Ibérico entre 2008 e 2010. Mantém um trabalho regular de criação teatral, entre escrita, encenação, interpretação e produção. Recebeu a Bolsa de Criação Literária da DGLAB em 2020. Em 2021, com o texto 13 de Maio recebeu o Prémio PLATTA de teatro breve, tendo o texto sido traduzido para Galego e Castelhano.

É autor do projecto de investigação “Artistas da Emergência – um arquivo da memória presente sobre as novas gerações do Teatro português”, com o apoio da DG Artes.

Trabalha como professor de Teatro na Escola Secundária de Camões, em Lisboa.

 

Para o Centro Cultural de Belém criou, em 2019 e em colaboração com outros artistas, os espectáculos "Romeu e Julieta Sem Destino" e "Entre Flores e Batalhas". Também nesse ano levou a cabo as primeiras apresentações do espectáculo "Suriya". Ainda em 2019, encenou "Uma Questão de Tempo", peça de Jaime Salazar Sampaio.

 

No final de 2023, criou e estreou o monólogo "Para Acabar de Vez com o Humor", na Escola do Largo, em Lisboa.

 

Das criações anteriores destacam-se "A Última Peça de Simon Smith" (com Bárbara Água), "Carolina", "Os Nossos Vizinhos Dormem Cá em Casa", "Caídas em Desgraça", "Romeu e Julieta – A Revolta" e "Direito ao Assunto" (espectáculo criado para o extinto Teatro Rápido, em Lisboa). "Camarim", em co-autoria com Ana Campaniço, foi o seu primeiro texto levado a cena, bem como a sua estreia na encenação, em 2014. Estes espectáculos tiveram apresentações em Lisboa, em grande parte no Teatro Turim, e noutros locais do país, como São Miguel, Ponte de Lima e Setúbal.

 

Do seu percurso como actor, assinalam-se as participações nos espetáculos "El Quijote", com encenação de Célia Figueira; "O Frio que Faz na Cama" de António Manuel Revez; "Assim Que Passem Cinco Anos" e "Amor de D. Perlimplim com Belisa em Seu Jardim" de Federico Garcia Lorca; "A Relíquia" de Eça de Queirós, adaptação de Filomena Oliveira; "Pluft, O Fantasminha" de Maria Clara Machado; "O Rei Está a Morrer" de Eugène Ionesco; "Tomai Lá do O' Neill" de Filomena Oliveira; "Na Boca da Noite" de Onivaldo Dutra; e "Hoje Durmo em Berlim" de A. Branco.»


Disponível na Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro em Vila Real... | Traga-Mundos – lhibros i binos, cousas i lhoisas de l Douro an Bila Rial...