quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

V Encontro Livreiro e Leitor de Trás-os-Montes e Alto Douro


V Encontro Livreiro e Leitor de Trás-os-Montes e Alto Douro
dia 21 de Fevereiro de 2016 (domingo), pelas 15h00
na livraria Aguiarense, em Vila Pouca de Aguiar


«A escrita, o livro, a leitura: um mundo! Vasto e complexo mundo! Quem encontrarei disponível para me acompanhar num breve olhar sobre ele?
Mundo habitado. O olhar encontra imediatamente os escritores e os leitores. Depois, entre a escrita e o livro, está o editor com o seu trabalho emérito. Entre o livro e a leitura estou eu, o livreiro. O escritor publica a escrita, o editor publica o livro, o livreiro “publica” a leitura
Manuel Medeiros, o Livreiro Velho (da livraria Culsete, Setúbal)

Caríssim@s livreiros, editores, escritores, professores, bibliotecários, jornalistas e, sobretudo, todos nós LEITORES

O Encontro Livreiro de Trás-os-Montes e Alto Douro convida (convoca) livreiros, editores, escritores, professores, bibliotecários, jornalistas e, sobretudo, todos LEITORES, para o V Encontro Livreiro e Leitor de Trás-os-Montes e Alto Douro, a acontecer no dia 21 de Fevereiro de 2016, domingo, pelas 15h00, na livraria Aguiarense, em Vila Pouca de Aguiar.


----------

O I Encontro Livreiro de Trás-os-Montes e Alto Douro realizou-se no dia 24 de Março de 2013, no espaço da livraria Traga-Mundos em Vila Real. Nesta primeira realização, procuramos privilegiar o encontro de livreiros que possuam uma livraria nesta região, para nos conhecermos melhor, partilharmos experiências e expectativas, procurarmos colaborações e parcerias.
Se nem todas puderam marcar presença, algumas livrarias «responderam afirmativamente ao convite para se sentarem à mesma mesa e debaterem preocupações comuns e sinergias possíveis para uma melhor estratégia de afirmação das livrarias ditas “tradicionais”.
Os livreiros deixaram o seu testemunho e algumas preocupações derivadas da própria conjuntura actual, mas do encontro saíram já algumas intenções de conciliação de esforços, nomeadamente ao nível da partilha de novidades editoriais de cada concelho, da cooperação na apresentação de livros de autores na região e da permuta de informação sobre eventos que cada uma realiza na sua região.»

O II Encontro Livreiro de Trás-os-Montes e Alto Douro aconteceu no dia 2 de Junho de 2013 na Poética - livros, arte e eventos, em Macedo de Cavaleiros.
«No centro do encontro esteve o debate em torno do tema "O futuro das livrarias tradicionais: Que estratégias?", e a continuação do trabalho de reforço das sinergias entre as livrarias com o propósito de dar mais voz mas também de repensar formas alternativas e concertadas de viabilização económica deste sector numa dimensão regional.»

O III Encontro Livreiro de Trás-os-Montes e Alto Douro aconteceu no dia 23 de Fevereiro de 2014 na Livraria Rosa d’Ouro, em Bragança. O IV Encontro Livreiro e Leitor aconteceu no dia 22 de Março de 2015 (domingo), pelas 15h00, na Livraria Papelaria Dinis, em Valpaços.
«Livreiros, editores, escritores, professores, bibliotecários, jornalistas e, sobretudo, todos LEITORES, partilharam momentos de conversas e afectos, ideias e louvores, poesias e leituras, inquietações e sonhos, em torno da leitura, da escrita, da edição, dos livros, das livrarias, dos livreiros.»

Com o mesmo espírito e objectivos, também aconteceu o 1.º Encontro Livreiro do Porto, no dia 23 de Novembro de 2014, na Livraria Lello, no Porto.

Nota: Recordamos que esta iniciativa surge na sequência do Encontro-Livreiro nacional, que acontece uma vez por ano (sempre no último domingo de Março) em Setúbal, na Livraria Culsete [e cujo o debate e a troca de ideias continuam no Isto Não Fica Assim!]

«Gentes do Livro é uma designação adequada para abrir o Encontro Livreiro à participação de todos quantos se reconhecem, de um ou outro modo, no culto do livro.
O Encontro Livreiro é simplesmente um movimento de aproximação entre quem, vivendo e trabalhando no meio dos livros, já percebeu que não faz sentido, hoje mais do que nunca, andarmos a esforçar-nos cada um por si, numa guerra que só pode ser vencida em comum, lado a lado. Se é que se pretende merecer que o livro continue a ser uma das mais ricas potencialidades criadas pelo homem civilizado para progredir em direcção a todas as suas utopias e ambições e conseguir que, trabalhando com ele e para ele, se vão colhendo bons proveitos e justos proventos.» [ver www.istonaoficaassim.blogspot.com]

----------

Na expectativa de um acolhimento positivo e de uma participação empenhada, apresentamos os nossos melhores cumprimentos
Augusto Dias
Livraria Aguiarense
Vila Pouca de Aguiar
[com o apoio de Ari Oliveira, da Livraria Papelaria Dinis, em Valpaços, António Alberto Alves, da livraria Traga-Mundos, em Vila Real, de Casimiro Fernandes, da Livraria Rosa d’Ouro, em Bragança, e de Virgínia do Carmo, Poética – livros, arte e eventos, em Macedo de Cavaleiros]
  

António Alberto Alves
Traga-Mundos – livros e vinhos, coisas e loisas do Douro
Rua Miguel Bombarda, 24 – 26 – 28 em Vila Real
2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª, Sáb. das 10h00 às 20h00 e 4.ª feira das 14h00 às 23h00
259 103 113 | 935 157 323 | traga.mundos1@gmail.com

Próximos eventos:
- Janeiro e Fevereiro de 2016: “Tons de Vermelho” por Greeny, exposição de pintura, na Traga-Mundos, em Vila Real;
- dia 13 de Fevereiro de 2016 (sábado), das 15h00 às 00h00: participação com uma banca de livros, mais algumas coisas e loisas na 9.ª edição do VRUM – Vila Real Urban Market, no Teatro Municipal de Vila Real;
- dia 20 de Fevereiro de 2016 (sábado), pelas 21h00: apresentação do livro “Neste Cais, Para Sempre” de Ernesto Salgado Areias, na Traga-Mundos, em Vila Real;
- dia 25 de Fevereiro de 2016 (quinta-feira), pelas 21h00: tertúlia “A conversa que ficou esquecidas nos sentidos” por Bloom Sativum, na Traga-Mundos, em Vila Real;
- dia 12 de Março de 2016, pelas 12h30: entrega do Prémio Antón Risco, no restaurante Pingallo, Ourense, Galiza;
- dia 13 de Março de 2016, pelas 15h00: Encontro Livreiro da Galiza, na Fundación Vicente Risco, Allariz, Galiza;
- dia 23 de Abril de 2016 (sábado): comemorações do 25 de Abril – almoço português, banca de livros portugueses, concertos (Terra Morena e outros), na A Arca da Noé, Vilar de Santos, Galiza;
- dia 24, 25 e 26 de Maio de 2016: participação com uma banca de livros, mais algumas coisas e loisas, no III Seminário “Alimentos e Manifestações Culturais Tradicionais” e II Simpósio Internacional “Alimentação e Cultura: Tradição e Inovação na Produção e Consumo de Alimentos”, na UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, em Vila Real;
- Maio de 2016: “Actos da Cultura Galego-Portuguesa”, Cultura Que Une, Vila Real;
- Junho de 2016: “Actos da Cultura Galego-Portuguesa”, Cultura Que Une, Pontevedra, Galiza;
- dia 1 de Outubro de 2016: palestra “Guiné-Bissau, terra sabi!” por António Alberto Alves, na Fundación Vicente Risco, Allariz, Galiza.
- e ao longo de 2016 haverá mais, sempre muito mais...

1 comentário:

  1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar